Ferramentas de acessibilidade

  • Ampliação de conteúdos 100%
  • Tamanho de letra 100%
  • Altura de linha 100%
  • Espaço entre carateres 100%
Documentos Contactos
Alerta_Lobos
Mapa do site
Câmara de Lobos Digital
O verdadeiro serviço público informativo, interativo, desmaterializado e de proximidade com os cidadãos.
Fale connosco

O que é?

O Programa “Juventude Ativa” visa promover a ocupação dos tempos livres dos jovens, através da experimentação de contextos reais de trabalho de forma a contribuir para o desenvolvimento de competências essenciais à vida ativa, nomeadamente interpessoais, sociais e técnicas.

O programa tem como objeto estabelecer as normas de enquadramento e participação dos jovens munícipes no programa municipal denominado JUVENTUDE ATIVA, visando proporcionar aos jovens experiências iniciais de contacto com o mundo do trabalho, nomeadamente através da integração temporária e pontual, em organismo e/ou instituições públicas, sedeadas no concelho, com diversas áreas de atuação/intervenção.

Objetivos

No âmbito do presente, e de forma a facilitar o desenvolvimento pessoal, profissional, social e relacional dos participantes, são entidades de acolhimento:

  • a) Possibilitar aos jovens um primeiro contacto com o mundo do trabalho;
  • b) Proporcionar uma oportunidade de experimentação em contexto real de trabalho, de forma a facilitar o desenvolvimento de competências essenciais à vida ativa, nomeadamente aos níveis do saber-fazer e saber-estar;
  • c) Promover nos jovens atitudes ativas, face à construção do seu futuro pessoal e profissional;
  • d) Potenciar a aquisição de competências interpessoais, sociais e técnicas.

Destinatários

O Programa Juventude Ativa destina -se a jovens residentes no Concelho de Câmara de Lobos, com idades compreendidas entre os 17 e os 25 anos (à data de inscrição) e que possuam a escolaridade mínima obrigatória.

A decisão de admissão de candidatos é da competência do Presidente da Câmara Municipal ou do Vereador com o Pelouro da Juventude.

Entidades de Acolhimento

No âmbito do presente, e de forma a facilitar o desenvolvimento pessoal, profissional, social e relacional dos participantes, são entidades de acolhimento:

  • a) Serviços municipais e serviços públicos, nomeadamente Casas do Povo e Juntas de Freguesias;
  • b) IPSS (Instituições Particulares de Solidariedade Social);
  • c) Associações sociais, culturais e desportivas sedeadas no concelho;
  • d) Entidades apoiadas no âmbito do Regulamento Municipal de Apoio ao Associativismo;
  • e) Outras entidades/instituições que demonstrem reunir condições para acolhimento dos jovens.

Período de Atividade e Listas de colocados

O programa decorre nos meses de julho e agosto e os períodos de ocupação decorrem durante a semana ou aos fins de semana e feriados, não podendo exceder as seis horas diárias, nem ultrapassar o limite das trinta horas semanais. As listas dos jovens colocados, suplentes e excluídos serão publicadas na página oficial da Câmara, a partir da segunda quinzena de junho.

Inscrições

A candidatura ao programa é realizada online, mediante o preenchimento de formulário que estará disponível de 01 a 30 de abril. Depois de submeterem a inscrição recebem um email de confirmação.

A participação de jovens que, à data da inscrição, não tenham completado 18 anos, carece de autorização do encarregado de educação.

Para a candidatura ficar válida, devem enviar para o email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar., no prazo máximo de 5 dias após submeter o formulário, os seguintes documentos obrigatórios (digitalizados ou por foto):

  • Fotocópia do cartão de cidadão (com autorização expressa para efeito do presente regulamento);
  • Comprovativo das habilitações literárias;
  • Comprovativo de morada;
  • IBAN (nº de identificação bancária de uma conta em que seja 1º titular);
  • Autorização do Encarregado de Educação (para menores de 18 anos.

Os jovens colocados no âmbito do presente programa têm direito a:

  • Um seguro de acidentes pessoais;
  • Uma compensação monetária no valor de 200€/mês;
  • Um certificado de participação.

Inscrição das Entidades de Acolhimento

As entidades de acolhimento devem apresentar a sua inscrição em altura a definir, através de formulário disponível na página oficial. A inscrição não acarreta qualquer custo financeiro para a entidade de acolhimento.

Juventude_Ativa_CMCL

Noticías e Relacionadas