Ferramentas de acessibilidade

  • Ampliação de conteúdos 100%
  • Tamanho de letra 100%
  • Altura de linha 100%
  • Espaço entre carateres 100%
Documentos Contactos
Alerta_Lobos
Mapa do site
Câmara de Lobos Digital
O verdadeiro serviço público informativo, interativo, desmaterializado e de proximidade com os cidadãos.
Fale connosco

Estandarte

De tecido de seda bordado, com a forma de um quadrado, medindo um metro de lado e gironada de oiro peças de amarelo e azul alternadamente, tendo no centro o brasão de armas. O tecido é debruado por um cordão de ouro azul, rematado nas extremidades por borlas dos mesmos metal e cor que servem para dar laçadas na haste. Haste e lança metal dourado.

Bandeira A bandeira de hastear é retangular, de comprimento igual a uma vez e meia a dimensão da tralha, executada em filele ou tecido equivalente, sendo a sua ordenação igual à do estandarte (gironada de oito peças a amarelo e azul alternadamente, tendo no centro o brasão de armas.

Brasão de Armas

Brasao_Armas_CMCL

Escudo de azul, com uma âncora de ouro entre dois lobos marinhos da sua cor afrontados, postos em pala, encimado por uma coroa mural de prata de cinco torres aparentes e sotoposto por um listel branco com as palavras "Câmara de Lobos", em letras de Negro.

Selo

Selo

Circular, tendo no centro a âncora entre dois Lobos marinhos, afrontados, em volta, a legenda "Câmara Municipal de Câmara de Lobos".

Dia do Concelho

O Dia do Concelho de Câmara de Lobos é assinalado a 04 de outubro, sendo este dia feriado no município.

Ao longo da história as comemorações associadas a este dia de relevância municipal foram sofrendo alterações. Assim, posteriormente ao Decreto de 12 de outubro de 1910, que estipulou os feriados nacionais, dando aos municípios a possibilidade de escolherem um dia que representasse as suas festas tradicionais, fixou-se, em data que não foi possível apurar, o dia 01 de maio, que também era comemorado nos concelhos do Funchal, Ponta do Sol, Calheta, São Vicente, Santana, Santa Cruz e Porto Santo. A escolha desta data poderá estar relacionada com a devoção da população madeirense a São Tiago Menor.

A 14 de março de 1951 a Câmara deliberou, sob proposta do então presidente Dr. Vasco Reis Gonçalves, mediante parecer do Arquivo Regional da Madeira, que considerou a data da instalação do concelho como acontecimento relevante, a fixação do dia 4 de outubro como feriado municipal, tendo para o efeito sido publicados os respetivos editais, no Diário do Governo e na imprensa regional, sem que, no entanto, a mesma deliberação tenha sido implementada.

Entre 1977 e 2016 o feriado municipal foi celebrado a 16 de outubro, conforme deliberação proferida na sessão de Câmara de 10 de novembro de 1977, tendo como fundamento que “esta data respeita à da fundação do concelho”. Esta deliberação foi tomada com base em dados publicados no Elucidário Madeirense, que atribuíam ao dia 16 de outubro de 1835 a instalação do concelho.

Porém, conforme testemunhado no Livro 1 de Registos da Câmara Municipal de Câmara de Lobos, no dia 4 de Outubro de 1835 teve lugar o primeiro ato eleitoral e a cerimónia de juramento e tomada de posse do primeiro presidente da Câmara Municipal de Câmara de Lobos, e respetiva vereação, pelo que, considerando o conhecimento historiográfico entretanto coligido, a Assembleia Municipal em sessão ordinária do dia 27 de fevereiro de 2017, sob proposta da Câmara Municipal, deliberou proceder à alteração do Dia do Concelho para 4 de outubro.

Dia da Cidade

Na sequência de uma deliberação da Assembleia Legislativa Regional da Madeira, a Vila de Câmara de Lobos foi elevada a cidade no dia 3 de Agosto de 1996.